40 anos da restauração de imagem da santa terá carreata de SP a Aparecida

0
632
Cerca de 400 bispos participam da 56ª Assembleia Geral em Aparecida

Na abertura da 56ª Assembleia, padre pede orações pela restauração do país

Durante a abertura da 56ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, nesta quarta-feira (11) em Aparecida, o reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida, convidou os católicos para celebrarem os 40 anos da restauração da imagem da Padroeira do Brasil e rezarem pela restauração do país.

“Nesse ano de 2018 nós lembramos os 40 anos em que a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi restaurada após sofrer um atentado que a reduziu em mais de 200 pedaços. Lembrando esse fato, estamos convidando os devotos a rezar pela restauração do país”, disse o religioso no evento.

Segundo o padre,  há carência de palavras que façam o povo acreditar na força dos valores morais e éticos que se fundamentam nos ensinamentos de Jesus.

“Nosso povo está inseguro e temeroso pelo futuro do nosso país. Infelizmente a confiança depositada nas eleições últimas transformou-se numa angústia que corrói a alma da brava gente brasileira. Nosso povo precisa respirar esperança”, afirmou.

Programação

As celebrações em homenagem à restauração serão realizadas aos sábados a partir do dia 19 de maio, sempre às 15h, até o dia 18 de agosto, com transmissão pela Rede Aparecida de Comunicação. No dia 19, acontece a missa na Catedral da Sé, em São Paulo, de onde sai a carreata rumo ao Santuário.

nsraaparecida_imagem_quebrada

A imagem quebrada

Arquivo

“Gostaria de contar com o apoio dos senhores [bispos] e a participação daqueles que puderem se juntar a nós”, disse o reitor.

O atentado à imagem de Nossa Senhora Aparecida aconteceu no dia 16 de maio de 1978 e foi restaurada em 33 dias de trabalho pela artista Maria Helena Chartuni. A imagem voltou restaurada para a Basílica de Aparecida no dia 19 de agosto, em uma carreata  que partiu do Masp (Museu de Arte de São Paulo).

Assembleia

Além do padre João Batista, participaram da mesa de abertura o presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), cardeal Sérgio da Rocha; o arcebispo de Aparecida,  dom Orlando Brande; o núncio Apostólico do Brasil, dom Giovanni D’Aniello, e o prefeito de Aparecida, Sargento Ernaldo (MDB).

Os trabalhos da 56ª Assembleia Geral seguem até o próximo dia 20. Além do tema central deste ano, que é a formação dos padres, os bispos também vão discutir a realidade social e política do Brasil e as eleições deste ano, entre outros assuntos.

Fonte: Meon