Concessionária alerta para período de neblina na Via Dutra

0
3238

A semana teve um início com as temperaturas amenas, facilitando as condições para a incidência de neblinas na região. A CCR NovaDutra, concessionária que administra a Rodovia Presidente Dutra, alerta os usuários da via para esse tipo de condição, principalmente durante a madrugada e as primeiras horas da manhã.

Segundo a empresa, entre janeiro e abril de 2020, foram registrados 53 dias com situações de neblina na rodovia. No mesmo período do ano passado, foram 122 dias, uma redução de 57%.

Apesar da redução de situações de neblina, todo cuidado é importante para evitar acidentes. A CCR NovaDutra inicia a campanha de reforço e orientação aos usuários sobre como se comportar caso realize sua viagem sob neblina.  A ação conta com mensagens educativas nos Painéis de Mensagens Variáveis, faixas em locais estratégicos e com orientação e dicas de segurança na programação da CCRFM 107,5 NovaDutra.

Confira abaixo as dicas da CCR para uma viagem segura em caso de neblina e os trechos com maior incidência na Via Dutra:

Dicas:

  • Reduza gradualmente a velocidade;
    • Mantenha distância segura do veículo à frente;
    • Nunca utilize o farol alto;
    • Nunca pare na pista. Evite parar no acostamento e, se precisar estacionar, pare fora da rodovia, em um posto de serviços;
    • Nunca acione o pisca-alerta com o veículo em movimento. Os motoristas que vêm atrás podem pensar que o seu veículo parou na pista;
    • Atenção às mensagens dos painéis de mensagens variáveis (PMVs) espalhados ao longo da rodovia.

Trechos com maior incidência de neblina:

Trecho paulista

Entre o km 170 e o km 212 (Guararema/Santa

Isabel/Arujá/Guarulhos)

Entre o km 159 e o km 175 (Jacareí)

Entre o km 121 e o km 157 (Caçapava/São José dos Campos)

Entre o km 115 e o km 119 (Taubaté)

Entre o km 87 e o km 104 (Pindamonhangaba/Taubaté)

Entre o km 80 e o km 84 (Roseira/Pindamonhangaba)

Entre o km 73 e o km 75 (Aparecida)

Entre o km 59 e o km 62 (Guaratinguetá)

Entre o km 0 e o km 50 (Queluz/Lorena)

Fonte: Guia Taubaté