DR. BRUNO FALA SOBRE: A importância da higiene bucal do seu pet

0
4246

Com qual frequência você escova os dentes de seu pet?

Cuidar da higiene bucal do seu pet, desde o nascimento dele, é uma das principais medidas de prevenção para problemas mais graves no futuro.

Assim como na nossa boca, as bactérias presentes na dos cães e gatos podem se multiplicar e se organizar em uma espécie de biofilme, caso não sejam removidas.

Logo, podem causar doenças bucais e dentárias graves como o cálculo dentário, popularmente conhecido como tártaro. Ele é uma capa amarela que mancha os dentes dos animais

  • Dica HPMV:Uma das melhores formas de prevenir doenças é escovando os dentinhos do seu amigo diariamente ou 3 vezes por semana no mínimo.

A saúde bucal do seu pet, é um assunto muito importante, embora a maior parte dos tutores não saberem disso. Neste artigo, você irá se familiarizar com os cuidados e tratamentos da área de odontologia veterinária.

Higiene bucal cachorro e gato.

Assim como nos humanos, os pets possuem dois tipos de dentição:

  • Dentes Decíduos, também conhecidos como dentes de leite e
  • Dentes Permanente.

Por volta do terceiro ao sexto mês, os pets passam pela troca da dentição e durante esse período podem exibir alguns comportamentos diferentes se tornando ,aos seletivos para certos alimentos e até mesmo não se alimentarem.

Em raças de pequeno porte pode não ocorrer completamente essas troca de dentes. Essa condição pode favorecer o acúmulo de restos alimentícios, em consequência pode aparecer placa bacteriana e tártaro.

Essa dentição dupla também interfere na mordida, cabendo ao Médico Veterinário especialista em odontologia do HPMV, examinar a cavidade bucal para realizar a extração dos dentes desses dentes.

Como escovar os dentes de cachorros?

Para escovar os dentes do seu amigo, utilize uma escova apropriada. Nunca utilize pasta dental de humanos, pois ela contém abrasivos e outras substâncias que podem causar irritações.

O famoso dedal, não é indicado para a escovação permanente. Ele serve para acostumar o pet nas primeiras escovações, pois suas cerdas não atingem onde é necessário para retirar o biofilme.

Com os utensilios em mão, comece a passá-los por todos os dentes do seu cão.

Nunca pressione as cerdas da escova contra a gengiva. Não é necessário utilizar força e nem escovar rápido, se não pode acabar machucando.

O importante é ir aos poucos ir acostumando o pet, fazendo de conta que é uma brincadeira. Desse modo, ele vai associar o momento como algo divertido.

Não é necessário enxaguar, pois a pasta dental canina é feita para não causar problemas de ingestão.

Prevenção da doença periodontal que afeta 90% dos cães e gatos.

A doença, é provocada pela placa bacteriana (tártaro),  sua primeira característica é a inflamação gengival e com o avanço acaba ocorrendo a destruição do ligamento periodontal e a lise, que é a destruição óssea. Quando o animal começa a perder os dentes significa que a doença já está em estado avançado.

O animal não costuma a parar de realizar as atividades do dia a dia como comer e brincar, portanto é difícil perceber  quando isso acontece.

Como acabar com o cheiro ruim da boca do cachorro ou gato?

Além de entender os motivos, é importante saber como acabar com isso. Portanto seguem algumas dicas práticas e eficazes.

  • Higienização:A escovação tem que ser diária, pois ajuda a retirar qualquer resíduo presente nos dentes, como também contribui para que a formação das substâncias da placa dentária não consiga se desenvolver;
  • Veterinário:Quando o cão já está com acúmulo de tártaro, apenas as escovações não serão suficientes. É necessário realizar sua retirada através de um simples procedimento cirúrgico.
  • Boa alimentação:As rações secas são as melhores opções, seus grãos retiram consideravelmente o acúmulo de tártaro e placas bacterianas. Para saber a ração ideal para o seu pet, consulte um veterinário.