Dr. Bruno fala sobre: Castração de cachorros: recuperação e benefícios

0
4866

Você adotou um lindo filhote que está crescendo e caminhando para a fase adulta? Durante todo esse percurso ele precisa de diversos cuidados, como uma boa alimentação e vacinas em dia.

Além disso, com o passar do tempo, é preciso pensar em agendar a orquiectomia, que nada mais é do que a castração dos machos.

Já para fêmeas, o procedimento cirúrgico indicado é a ovariosalpingohisterectomia, que consiste na retirada do útero e dos ovários.  Seja seu animal macho ou fêmea, a castração de cães requer preparo antes da cirurgia e cuidados também no pós-operatório.

Claro, que tudo isso será cuidadosamente orientado pelo Médico-Veterinário responsável pelo procedimento, mas para você ficar mais calmo, separamos algumas informações importantes sobre castração de cães. Confira!

Como é feita a castração de cachorro?

castração de cachorro é um procedimento cirúrgico, que só pode ser feito por um Médico-Veterinário. Seja o seu pet macho ou fêmea, você pode ficar tranquilo, pois ele não sentirá nenhuma dor.

Para que a castração de cachorros seja realizada, o animal é anestesiado. Isso garantirá que ele não sinta dor durante o procedimento.

A anestesia pode ser injetável ou inalatória. A decisão será do Médico Veterinário e irá ser baseada nas condições de saúde do pet, bem como na existência de equipamento necessário para que a anestesia inalatória seja realizada.

De uma forma geral, a esterilização de fêmeas consiste na retirada dos ovários e do útero. Para isso, é feita uma incisão, na maioria das vezes, próxima ao umbigo. Já na castração de machos são retirados os testículos.  Em ambos os casos há uma incisão e pontos, que precisam de cuidados pós-operatórios.

Quais os benefícios da castração de cachorros?

O procedimento cirúrgico traz diversos benefícios para os animais e evita inclusive que sejam acometidos por alguns tipos de câncer. Dentre os principais benefícios podemos destacar:

  • Castração de machos diminui a incidência de tumor de próstata;
  • Castração de fêmeas diminui a chance do desenvolvimento de câncer de mama;

  • Minimiza a demarcação de território, com xixi, por parte do macho;

  • Diminui o risco de fugas, já que os machos não vão querer ir atrás de fêmeas no cio e elas,  deixarão de entrar no cio, ou seja, não tentarão fugir em busca de um parceiro;

  • Melhor forma de controle populacional, entre outros.

Cuidados antes da castração de cachorros

Antes que o seu animal de estimação seja castrado, ele precisará ser avaliado pelo Médico-Veterinário. O profissional fará diversas perguntas, como histórico de doenças, se já foi vacinado, vermifugados, se toma medicamento contínuo, entre outro.

É muito importante que o tutor responda a todas as perguntas, sem se esquecer de nada. Afinal, é a partir desse histórico que o Médico-Veterinário vai determinar quais exames serão necessários antes da realização da castração de cachorros.

Depois disso, o animal será examinado e o Médico Veterinário poderá pedir alguns exames pré-operatórios, como hemograma, eletrocardiograma, entre outros. A lista de exames vai variar de acordo com o histórico, idade e avaliação clínica feita pelo profissional.

Com os resultados dos exames em mãos, caso julgue que o pet está bem e apto para ser operado, o Médico-Veterinário irá agendar a data e o horário. Além disso, vai pedir que você garanta a restrição alimentar de pelo menos 12 horas e hídrica de pelo menos seis horas.

A restrição é essencial e responsabilidade do tutor. Ela garantirá que a castração seja bem-sucedida e que o animal passe por todo o procedimento cirúrgico em segurança.

Cuidados pós-castração

Além dos cuidados antes da castração de cachorros, o tutor também deverá estar atento ao pós-cirúrgico. O animal ficará na clínica veterinária até acordar da anestesia, mas pode sair do local com o comportamento diferente. Não se preocupe, isso é normal e é devido ao efeito da anestesia.

Durante o trajeto até sua casa, leve-o com cuidado e em segurança. Chegando lá, coloque-o em uma cama quentinha, que esteja no chão. Mesmo que ele seja acostumado a dormir na sua cama, não o coloque nela.

Como o animal ainda estará com os movimentos mais lentos, devido à anestesia, ele não terá condições de sair da cama com facilidade e pode acabar se acidentando. Além disso, lembre-se de que ele acabou de fazer uma cirurgia, e não deve pular nem saltar de locais mais altos.

Por isso, a melhor escolha é colocar a caminha dele no chão, com o paninho preferido, e deixá-lo quietinho. Perto dele, coloque um pote com água e um com raçãoVocê pode oferecer água, mas não obrigue a tomá-la. Não precisa ficar preocupado se ele não beber, pois durante a cirurgia ele é submetido à fluidoterapia (soro), ou seja, sai hidratado.

Você pode também colocar o tapetinho higiênico por perto, para caso ele queira fazer xixi. Como o animal não estará muito disposto, é melhor facilitar e evitar que ele ande para fazer as necessidades.

Medicamentos e curativos após a castração de cachorros

Além do cuidado com o conforto, alimento e água, o Médico-Veterinário vai receitar alguns medicamentos e também orientar sobre o curativo que você terá que fazer no local da incisão. Siga a receita corretamente, dando o medicamento recomendado na hora certa. Tanto o analgésico, quanto o antibiótico deverão ser ministrados pelo tempo prescrito.

O curativo deve ser feito diariamente, sendo que o primeiro será realizado no dia seguinte ao procedimento cirúrgico. É muito importante que o local seja limpo e protegido.

Além disso, o profissional irá recomendar o uso de roupa pós-cirúrgica ou colar elizabetano. O cãozinho deve permanecer com esse acessório até tirar os pontos ou pelo período recomendado pelo profissional.

Caso você tire antes, ele poderá lamber a ferida cirúrgica e até tirar os pontos. Isso é muito perigoso. Em alguns casos, quando o tutor deixa o pet sem o colar, ele chega a abrir o local da incisão totalmente e pode até precisar ser novamente anestesiado, para que a sutura seja refeita. Cuidado!

Seja no pré ou no pós-operatório, sempre que tiver dúvidas, entre em contato com o Médico-Veterinário responsável. Fazendo um bom pós-operatório em casa, logo o seu cachorrinho estará feliz e pronto para brincar muito!

Quantos animais de estimação você tem? São todos castrados? Conte pra gente nos comentários!