Embraer coloca 16 mil funcionários em licença remunerada como prevenção ao coronavírus

0
3361

A Embraer comunicou que irá colocar todos os 16 mil trabalhadores de suas unidades no País em afastamento remunerado até o próximo dia 31 de março. A decisão aconteceu na tarde deste domingo (22).

Segundo a montadora de aeronaves, os funcionários que estão em home office (trabalhando em casa) continuam a exercer suas atividades de forma remota. A fabricante disse que serão mantidos apenas atividades essenciais em operação.

A medida abrange todas as unidades da Embraer no Brasil. A empresa informou ainda que está avaliando a situação nos demais países em que opera e informará em breve a decisão.

“Ao longo dos próximos dias, a direção da empresa vai analisar a situação e, junto com os governos e sindicatos locais, tomar a decisão mais adequada para proteger os funcionários do contágio pelo coronavírus e, ao mesmo tempo, proteger o nosso negócio, de forma que todos sofram o menor impacto possível”, disse em comunicado.

Fonte: Meon