Fábrica da Volkswagen em Taubaté paralisa produção por agravamento da pandemia

0
4210

Medida entra em vigor nesta quarta-feira (24) e afeta todas as unidades da montadora no país. Retomada está prevista inicialmente para 4 de abril.

Volkswagen suspende as atividades a partir desta quarta-feira (24) na fábrica de Taubaté (SP) por causa do agravamento da pandemia da Covid-19 no Brasil. A decisão se estende a todas as unidades do país, que devem ficar paradas até 4 de abril.

A paralisação temporária na produção foi anunciada pela empresa no dia 19 de março. No comunicado, a montadora justificou a lotação nos hospitais e UTIs. Todos os funcionários de setores administrativos estão em home office e serão mantidas apenas atividades essenciais nas fábricas.

‘Nossa ação não são férias, é para ficar em casa’, afirma presidente da Volkswagen

Em 2020, a empresa parou a produção também em março com o anúncio da pandemia. A montadora passou dois meses fechada e voltou com operação reduzida em julho.

No último ano, a empresa abriu PDV, colocou funcionários em layoff e aderiu ao plano do governo de redução de salários na fábrica de Taubaté. Com os períodos de agravamento da doença, chegou a colocar funcionários em férias coletivas.

Em 2021, está é a primeira parada na montadora por causa da doença. A paralisação atinge as quatro fábricas da marca no país: São Bernardo do Campo (SP), que produz os modelos Polo, Virtus, Nivus e Saveiro, Taubaté (SP), que faz Up, Gol e Voyage, São Carlos (SP), responsável pela produção de motores, e São José dos Pinhais (PR), de onde saem Fox e T-Cross.

Fonte: G1