GM põe 1,2 mil trabalhadores em férias coletivas em São José dos Campos

0
3427

A General Motors de São José dos Campos deu férias coletivas a 1,2 mil funcionários a partir desta segunda-feira (10). Segundo a empresa, a parada foi planejada para a adequação da linha para a chegada de novos investimentos. Volta está prevista para depois do carnaval.

Os trabalhadores da linha de produção vão ficar afastados por 17 dias para mudanças na estrutura e equipamentos na linha da S-10, com retorno previsto para o dia 27 de fevereiro.

As férias coletivas foram anunciadas em janeiro pelo Sindicato dos Metalúrgicos, após o anúncio da chegada de investimentos para a planta de São José dos Campos. De acordo com a entidade, a empresa havia firmado a chegada de um veículo na mesma linha da caminhonete para ser produzido ainda em 2020.

À época, a GM confirmou o investimento, mas não deu detalhes do modelo do veículo. O investimento na unidade de São José dos Campos era uma promessa feita pela montadora em março de 2019, quando anunciou que injetaria R$ 5 bilhões na planta até 2024.

Ainda em janeiro, a empresa abriu processo seletivo para novas contratações. Foram abertas 60 vagas de emprego para composição da linha de produção. Atualmente, a GM mantém 3,7 mil funcionários.

Em nota nesta segunda-feira (10), a empresa reforçou que “a parada técnica programada para o mês de fevereiro em curso na fábrica de São José dos Campos da GM visa adequar as instalações para projetos futuros”.

Fonte: G1
Foto: Camilla Motta/ G1