Grupo Itapemirim deve ser declarado vencedor do lote 1 do transporte de São José

0
4337

Esse lote contempla as regiões norte, oeste e sul, incluindo a Linha Verde; para o lote 2, das regiões leste e sudeste, deve haver nova tentativa de atrair interessadas

O Grupo Itapemirim deve ser declarado vencedor do lote 1 da nova concessão do transporte público de São José dos Campos.
A empresa, que foi a única a apresentar proposta na licitação, já comunicou à Prefeitura que tem preferência pelo lote 1 – pelo edital, uma mesma empresa não pode vencer os dois lotes.
Pelo lote 1, que contempla as regiões norte, oeste e sul, incluindo a Linha Verde, a proposta do grupo foi de tarifa técnica de R$ 4,98 (o valor máximo previsto no edital era de R$ 5,24).
Pelo lote 2, das regiões leste e sudeste, a proposta da empresa foi de tarifa técnica de R$ 4,72 (o valor máximo era de R$ 4,94). Para esse lote, a Prefeitura deve publicar um novo edital para tentar atrair mais interessadas.
BAIXO INTERESSE.
A sessão, realizada no último dia 7, foi a segunda tentativa da Prefeitura de receber propostas de empresas interessadas. Na primeira sessão, realizada no dia 6 de maio, três empresas chegaram a enviar representantes, mas nenhuma formalizou proposta – foram elas a Marcopolo, a Expresso Maringá e Saens Peña (as duas últimas já atuam no sistema, com contrato até outubro de 2022).
Em maio, a Prefeitura atribuiu o fracasso na licitação “aos graves efeitos da pandemia em todo o mundo e em especial no setor do transporte público, que geraram uma instabilidade nas atividades econômicas e no número de passageiros transportados, criando incertezas de mercado”, sugerindo que “esse contexto pode ter imposto dificuldades para as empresas operadoras na formulação de suas propostas de participação na licitação”.