Prefeitura de Taubaté afirma que obra em cratera só deve ser concluída em maio

0
4267

As obras para fechar a cratera que se abriu no bairro Jardim Mourisco só devem ser concluídas em maio, segundo a Prefeitura de Taubaté. A cratera se abriu no fim de semana, depois que uma galeria de águas pluviais cedeu. Até o fim das obras, o trânsito no local vai permanecer interditado.

De acordo com a gestão, o problema começou na sexta-feira (12) quando a galeria teve o primeiro sinal de dano e a calçada do local cedeu. A Secretaria de Obras chegou a ir ao local para uma vistoria e reconheceu o risco de desabamento. Menos de 12 horas depois, na manhã de sábado (13), a cratera se abriu.

Segundo o engenheiro da Secretaria de Obras, Mário Araújo, o problema de aberturas frequentes de crateras em Taubaté é por causa da tubulação de água antiga na cidade.

“Essa rede tem cerca de 30 anos, é antiga. A gente quando identifica o problema faz a manutenção preventiva para evitar que ceda, mas infelizmente nesse ponto isso não foi feito a tempo”, comentou.

A gestão informou que são pelo menos três meses para o início das obras. O prazo é porque vai ser necessário fazer um projeto de recuperação agora que a galeria foi danificada e para a compra da tubulação nova.

Com o rompimento, o trânsito no local, que faz acesso ao bairro Esplanada Santa Terezinha está interditado. A prefeitura informou que a Secretaria de Mobilidade vai apresentar rotas alternativas e o local vai permanecer interditado até o fim das obras de reparo.

Chuva

O temporal do fim de semana causou estragos em Taubaté e São José dos Campos. As cidades registraram alagamentos e quedas de árvores.

Em São José, ao menos duas árvores caíram sobre casas. Um poste também caiu com a força do vento. De acordo com o balanço da prefeitura, 12 árvores caíram na cidade. Apesar disso, ninguém ficou ferido.

Fonte:G1