Realidade do transporte público, ônibus bem mais caros, poucos horários e atrasos

0
740

A realidade do transporte público em Taubaté

Quarenta centavos a mais por uma viagem de ônibus urbano em Taubaté e o que é pior: o serviço oferecido, cada vez mais precário.
A ABC Transportes é a concessionária dos serviços em Taubaté há mais de 40 anos, e sai prefeito- entra prefeito, a qualidade é ruim. Atualmente, então, nem se fala: a Prefeitura mexe nas linhas, encurta o trajeto, modifica o itinerário, e isto sem levar em consideração a opinião dos usuários.
Simone de Oliveira tem 42 anos e é aposentada por causa de sua esclerose multípla. Às vezes, fica horas no ponto e o ônibus não vem. Ela anda por vários bairros porque faz terapia em lugares diversos e vive o drama diário do transporte ruim.
Alice de Castro, de 18 anos, é estagiária e estudante, usa as linhas Parque Ipanema e Jd. América, e só chega atrasada nos compromissos porque os ônibus não respeitam horários. Fica mais de uma hora nos pontos e conta que nem os motoristas sabem o horário dos ônibus. Rosana Toledo, 39 anos, usava a linha da Vila São Geraldo e descia no Torra-Torra para vir ao mercado. A linha era demorada e agora, ainda tem que descer na rodoviária, o que é um grande desconforto. “O que era ruim ficou pior, mais caro e trajeto mais curto”, explica.E completa: nem a tal da integração, prometida há cinco anos, não chega. Falta de preocupação com o interesse público.
O aumento na tarifa foi de 11%, enquanto que a inflação do período foi de 3%. A Prefeitura autorizou e justificou:subiram o preço dos combustíveis e o salário dos motoristas.

Fonte: Diário de Taubaté e Região