Sindicatos da região organizam ato independente no Dia do Trabalhador

0
554
Trabalhadores voltam a se reunir em ato no Dia do Trabalhador

Entidade declara que será primeiro ato em oposição ao movimento pró-Lula

A CSP-Conlutas, com os sindicatos e movimentos sociais aliados, devem realizar o primeiro ato contrário aos movimentos pró-Lula no Dia do Trabalhador (1º de maio), em Jacareí, a partir das 15h. Entretanto, o tema principal permanece na oposição as novas diretrizes da Reforma Trabalhista.

Segundo o SindMetal (Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos), os números do IBGE apontam que o desemprego no país continua crescendo, por essa razão que os atos ainda seguem buscando reverter a aprovação da reforma.

“O 1º de Maio é uma data que deve ser usada em defesa dos direitos do trabalhador, que já é penalizado com demissões, exploração, assédio moral e tantos outros ataques. Infelizmente, as grandes centrais estão usando este dia para defender Lula e seu projeto eleitoral. Por isso, neste ato vamos reafirmar nossa luta contra o governo Temer e os sindicatos que estão dando as costas para os trabalhadores”, afirma o presidente eleito do SindMetal, Weller Gonçalves.

O ato vai acontecer na Ocupação Quilombo Coração Valentes, na Estrada do Varadouro, a partir das 15h. Estão confirmados os sindicatos dos Metalúrgicos de São José dos Campos e dos trabalhadores dos Correios, a Admap (Associação Democrática dos Metalúrgicos Aposentados e Pensionistas), o Movimento Mulheres em Luta e o PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado).

Fonte: Meon