UNITAU e ITA fecham parceria para pesquisa sobre o coronavírus

0
4371

O estudo será no período de quatro anos e terá como intuito avaliar a contaminação de ambientes clínicos pelo vírus

Uma pesquisa de quatro anos com intuito de avaliar a contaminação de ambientes clínicos pelo vírus da Covid-19, deverá ter início neste mês de abril por pesquisadores do Programa de Doutorado em Odontologia da UNITAU (Universidade de Taubaté) em parceria com o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica).

As pesquisas foram viabilizadas pelo Programa Estratégico Emergencial de Combate a Surtos, Endemias, Epidemias e Pandemias do governo federal, por meio de edital disponibilizado pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

Inicialmente, as investigações terão início em consultórios odontológicos da UNITAU. O objetivo é analisar pacientes saudáveis e os que já foram contaminados pela Covid-19, para posteriormente identificar o risco de contaminação nesses ambientes. Os primeiros resultados do estudo devem surgir já no final de 2021.

Até o momento, no Brasil, são mais de 13 milhões de pessoas contaminadas pelo coronavírus, além de mais de 300 mil mortos em função da doença.

Fonte: Meon / Gabriel Campoy